Alimentação




Alimentar é um ato em via dupla, dar e receber. Uma oportunidade de troca amorosa quando o doador cria, elabora, manipula e serve o alimento para um receptor que confia nele. Ambos os canais devem estar abertos para este momento. Portanto cozinhar é um ato sagrado, um ato de celebração a vida e amor a mãe natureza que tanto nos dá e sempre nos mantém. Dessa forma a cozinha é um templo, as especiarias são mágicas, o fogo é divino, e os alimentos, oferendas de amor. De amor a Deus, de amor ao próximo, de amor ao universo.

A cozinha da Dharma Shala é uma atração a parte, e funciona desta forma. Famosa pela rica gastronomia que dela sai, é um dos principais atrativos da Pousada. O café da manhã vem trazendo as delicias da culinária rural: pães integrais, yogurt orgânico caseiro, biscoitos amanteigados, bolos fresquinhos, pastas aromáticas, frutas da época, granola caseira, mel, sucos exóticos, chás medicinais, etc. Tudo feito aqui. Além do inigualável leite fresco e puro das vacas da fazenda. Vacas protegidas e criadas com amor nos fornecem um leite docinho e cheio de gratidão.

No almoço podemos conhecer um pouco dos pratos tradicionais da Índia, como os dahls ( sopa de grãos), sabjis (mix de vegetais refogados), chavals (arroz variados). Além de quitutes como os chapatis (pães na chapa), os puris (pães fritos), as famosas samossas (pastéis caseiros) e os cachoris (bolinhos recheados). A estes sabores podemos acrescentar as saladas típicas da mata atlântica com folhas e flores da região. Além desses, outros sabores do mundo também aparecem por aqui e são sempre benvindos a nossa mesa!

O lanche da noite é sempre uma refeição mais leve e saborosa, que nos prepara para uma boa noite de sono. Pode ser cremes, pães, risotos, tortas e saladas. Para o dia terminar completo e feliz!